5 Alimentos que toda gestante deveria comer nas primeiras semanas de gravidez

Alimentar-se bem é um hábito que deveria ser mantido em qualquer época da vida, apesar da maioria das pessoas considerar isso como um grande desafio, diante de tantas guloseimas e produtos gordurosos e saborosos. A mulher, por exemplo, deve preocupar-se com a alimentação, principalmente no início da gestação.

Nessa fase, a gestante precisa “alimentar-se por dois”, mas precisa se lembrar de que isso não significa comer por dois e sim, comer alimentos nutritivos que vão proporcionar mais saúde para ela e garantir o bom desenvolvimento do bebê. A alimentação que a gestante oferece ao bebê durante o seu desenvolvimento intrauterino vai influenciar a saúde do pequeno por toda a sua vida. Nas primeiras semanas da gestação, a gestante deve alimentar-se adequadamente para garantir um desenvolvimento completo da placenta (órgão responsável pela alimentação e oxigenação do feto) e do sistema circulatório do bebê.

Saiba mais sobre a placenta baixando o ebook: “O parto natural e a placenta

Durante todas as etapas da gravidez, a mulher deve manter sua rotina de alimentação (comer a cada três horas). Especialistas recomendam a ingestão de seis porções diárias de cereais e pães (integrais, de preferência), três a quatro porções de verduras e legumes e cinco porções de frutas. E também leite e derivados, carnes e principalmente bastante água (no mínimo dois litros por dia).

Brócolis

Rico em ácido fólico (vitamina do complexo B), presente em frutas cítricas, vegetais verde-escuros (couve, aspargo e espinafre, por exemplo) e cereais. O brócolis é um poderoso antioxidante, além de possuir uma boa dose de cálcio, vitaminas e fibras. Um dos alimentos com maior concentração de água, o brócolis oferece uma boa dose de antioxidantes, fibras, cálcio e vitaminas. Devido às suas propriedades, o vegetal ajuda nas primeiras formações do corpo do bebê. Recomenda-se seu cozimento a vapor para que sejam mais preservados os nutrientes.

Feijão

O feijão é rico em ferro, assim como o ovo, fígado, carnes e verduras (por exemplo, espinafre). Para que o ferro seja absorvido adequadamente pelo organismo, procure consumir na mesma refeição alimentos ricos em vitamina C (tomate e frutas cítricas, por exemplo). Evite alimentos ricos em cálcio, pois diminuem a absorção do ferro, como leite e seus derivados, por exemplo.

Banana

A banana é rica em carboidratos, contém a vitamina B6, que se consumida no início da gravidez, ajuda na formação do feto e ainda pode aliviar e diminuir os enjoos. Outros alimentos fonte de vitamina B6 são o peixe, legumes e carnes magras.

Linhaça

A linhaça é rica em ácidos graxos ômega-3, que garantem o pleno desenvolvimento do sistema nervoso e do cérebro do bebê.

Azeite de Oliva

De acordo com o Dr. Daniel Magnoni, cardiologista e nutrólogo do HCor – Hospital do Coração, em São Paulo, consumir azeite durante a gravidez ajuda no desenvolvimento do feto, na produção de prolactina (leite materno) e na composição do tecido adiposo.

Conheça mais dicas em nosso blog para garantir uma gravidez e um parto saudável. Até mais!

 

 

mashsb_shorturl:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *